29 de jul de 2013

Por favor. Diário. Me diz que é normal ficar horas olhando a mesma conversa. Sim. Com ele. Me diz. Por favor. Me diz que é normal atualizar as redes sociais dele todo segundo. Me diz. Por favor. Me diz que é normal olhar de 5 em 5 minutos o seu fundo do celular. Que no caso. É ele. Me diz. Por favor. Me diz que é normal ficar olhando que horas ele visualizou por ultimo o whatsapp. Me diz. Por favor. Me diz que é normal olhar o foursquare dele todo segundo querendo saber onde ele anda. Se ele pensa em mim. Se ele lembra... Daquele dia.. Das conversas.. Me diz.. Por favor.
Exatamente 18:57. Mais uma semana se vai. As férias se vão. E eu resolvi dar uma passadinha aqui. Palavra pra expressar tudo o que se passa na minha pequena cabeça. Sem duvidas. Nesse momento seria: confusão. Nem eu acredito que eu acabei de voltar de lá. É. Lá. A cidade dele. Sério mesmo que eu consegui ser tão louca a esse ponto.. Nem eu acredito. Mas calma diário. Não.. Eu não vi ele. E isso foi pior. Saber que ele ta bem. Bom. Eu deveria estar feliz. Uma das coisas que eu mais disse pra ele foi: Quero te ver feliz mesmo que isso custe a minha felicidade. Pois então. Está custando. Assumo. Eu sinto falta do barulhinho do msn chamando-me. Mas depois de tudo o que me disseram. Eu estava certa. Ele é só mais um bosta (isso mesmo, bosta) na minha vida. Ou melhor. Que era da minha vida. Eu sei. Diario. Metade de mim diz que eu fui pra ver minha amiga. Mas nós dois sabemos que não foi bem assim. Talvez eu quisesse vingança. Mas eu precisei vivenciar isso pra saber que o melhor era eu ficar na minha. Boa noite e sonhe comigo. Blog.

29 de jun de 2013

Parece que depois daquele dia. É. "Aquele". O mundo mudou. As cores. As musicas. Os perfumes. Tudo me faz parar e lembrar dele. Aquele momento. É. "Aquele". Sabe. Eu gosto dele. Mas sabe. É pedir pra cair isso. "Voce pode ate ter o príncipe em mãos. Mas sempre vamos querer o que nao presta." Lei.
Caralho. 3 meses sem entrar nisso. Parece que eu passei ótimos meses. Certo, diário? E a pergunta é: porque eu voltei? Voce sabe muito bem, diário. Que eu entrar aqui. Sem ofensa. É pra quando estou naqueles dias. Péssimos. Onde só voce, me conforta. Sabe. Hoje tem festa. Eu estou prestes a magoar quem me ama. Qual o meu problema? Porque eu sempre gosto de quem nao gosta de mim? Ou desprezo. E depois que ela desiste. Eu corro atras? Porque mulher tem que ser tão... Complicada? Ou será mesmo meu gênio forte. Doença!

11 de mai de 2013

Só sai postagens boas quando eu to mal e fissurada. Pois então. Cheguei. As vezes eu penso seriamente excluir minhas redes sociais. Pouparia sofrimento. Não achas?. Seria tudo tão melhor. Se cada um cuidasse da sua vida. E não quisesse o mal de ninguém. Porque você faz tanta questão de me deixar mal? Qual o problema de querer a pessoa feliz? Com outra? Eu sabia que você era criança.. Mas não esperava tanta criancice. Quer saber? Faz um favor pra humanidade. Volta pra creche! -A
15:08. Sábadão. 2013. Boa tarde diário. Ou melhor. Ótima tarde. As vezes eu fico pensando como eu consigo ser tão bipolar. Ontem estava eu. Nesse exato horário. "Chorando pelo leite derramado" E parece que eu tive que chorar muito pra perceber o quão estupidamente e inutilmente foi esse choro. Sinceramente. Eu espero que isso passe. Pode até acabar o amor, amizade.. mas você sabe como é diário, atualizar a rede social da pessoa, nunca acaba. -A

2 de abr de 2013

O que é não querer a pessoa com você mas não querer ela com ninguém? Juro que eu to nessa. Ou estava. Droga! Voltei com o choro. Pode ser que eu não me importe. Tanto. Quem eu to querendo enganar? Eu não me importo! Ana. Tu ta em outra. Qual o teu problema. Largue mão. Acabou, acabou. Não era isso que tu queria? Palavra tem poder. E pensamento mais ainda. -A