30 de nov de 2012

Confesso.. Diário. Depois de todas as estupides dele. Eu daria tudo. Tudo. Tudo mesmo. Para ele estar aqui. Eu queria. Queria mesmo. Poder abraçar ele. Forte. Bem forte. O mais forte que eu possa. Ou que eu consiga. Apertar até ele dizer: Ei. Deu. Ou aquele eu te amo. No ouvido. Eu queria. Queria mesmo. Poder Beijar ele. Como se nunca tivesse beijado alguém. Como a primeira vez. Tudo perfeito. Eu queria. Queria mesmo. Poder sentir o cheiro dele. Cheiro de perfume. Do moletom dele. Bem quentinho. Me aquecendo. Em dias de frio. Com aquele calor humano. Que só ele tem. Eu queria. Queria mesmo. Poder dizer o quanto eu amo ele. O quanto eu o quero ao meu lado. O quanto ele me faz bem. O quanto eu choro as noites pedindo a proteção dele. O quanto meu coração acelera em ver ele entrar. O quão sorriso bobo eu fico quando o vejo.. Pena que querer, não é poder.

Nenhum comentário:

Postar um comentário